PUBLICIDADE
Topo

Chile cancela eventos internacionais: Libertadores deve seve ser o próximo

Andrei Kampff

30/10/2019 11h28

O Chile continua em chamas. E o governo conservador de Sebastian Piñera não consegue apagar o incêndio, apesar da agenda social que divulga.

A situação é tão grave que o presidente acaba de cancelar dois grandes eventos internacionais em Santiago, a capital do país.  Final da Libertadores deve ser o próximo evento a ser cancelado.

A decisão de cancelar a cúpula da Apec, a Cooperação Econômica Ásia-Pacífico e a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, a COP 25, acontece a poucas semanas da final entre Flamengo e River, marcada para dia 23 de novembro e ainda sob risco.

VEJA TAMBÉM: 

Tudo que a Conmebol não quer é um evento em lugar conturbado politicamente. E perigoso. Ter que cancelar uma final pelo segundo ano seguido seria uma vergonha gigantesca, já que ano passado a final entre Boca e River teve que sair da Argentina e ir para a Espanha.

Entenda: se você organiza uma festa de criança na rua, e a previsão do tempo fala que no dia pode chover, claro que você prepara um plano B. Uma entidade que lida com um grande evento não pode agir diferente. Isso é gestão de risco. Paraguai e Uruguai seriam duas alternativas para levar a final. 

Quem está no Chile afirma: a situação é muito grave e, hoje, seria um risco jogar a final do país. E, mais, mesmo que tudo se acalme, ainda demorará um tempo para tudo voltar à normalidade.

O Cauan Biscaia, jornalista brasileiro que vive no país há 8 anos, está acompanhando a situação e em breve trará mais novidades.

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Sobre o autor

Andrei Kampff é jornalista formado pela PUC-RS e advogado pela UFRGS-RS. Pós-graduando em Direito Esportivo e conselheiro do Instituto Iberoamericano de Direito Desportivo e criador do portal Lei em Campo. Trabalha com esporte há 25 anos, tendo participado dos principais eventos esportivos do mundo e viajado por 32 países atrás de histórias espetaculares. É autor do livro “#Prass38”.

Sobre o blog

Não existe esporte sem regras. Entendê-las é fundamental para quem vive da prática esportiva, como também para quem comenta ou se encanta com ela. De uma maneira leve, sem perder o conteúdo indispensável, Andrei Kampff irá trazer neste espaço a palavra de especialistas sobre temas relevantes em que direito e esporte tabelam juntos.