PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Janela está aberta na Europa. Entenda o que ela significa

Andrei Kampff

09/01/2020 15h00

A "janela" abriu.

Essa janela de transferência é dividida normalmente em dois momentos no ano. Dentro desses períodos, um clube de futebol pode levar jogadores de outros países para a sua equipe. Essa transferência só é completada após o registro desse atleta no novo clube pela FIFA. Portanto, essa "Janela de transferência" é o termo utilizado para determinar o  "período de inscrição" em uma transferência internacional,  conforme descrito no Estatuto e Transferência de Jogadores da entidade maior do futebol. 

A gente tem falado por aqui de todos os cuidados que esse período exige. É um momento em que um volume significativo de dinheiro se desloca por diferentes cantos do mundo em função da bola.  São dezenas de bilhões de reais movimentados em transferências de um país para outro.

O mercado inglês já está recebendo novos jogadores. A "janela"abriu no primeiro dia do ano. Mais gente deve ir para o mais cobiçado e rico mercado do futebol do planeta. Muitos brasileiros (ou que atuam no Brasil) devem tomar esse caminho.

Nessa hora, o visto específico é indispensável – para quem não faz parte da comunidade europeia. Daí porque ter passaporte europeu nessa hora ajuda demais em uma transferência, pelo menos até o Brexit se acertar. E a atenção aos prazos é questão decisiva.

VEJA TAMBÉM:

O Luiz GG Costa, advogado em Londres e colunista do Lei em Campo, escreveu sobre alguns detalhes importantes e decisivos na hora de fechar ou não uma transferência com a Inglaterra.


Como é costume já há alguns anos, novo ano, nova janela de transferências. Enquanto as equipes de futebol brasileiras se reapresentam depois de merecidas (ou nem tanto, dependendo da agremiação) férias, na Europa os campeonatos estão a pleno vapor.

De qualquer forma, seja no Brasil ou na Europa, este é o período de maior especulação e frenesi no mundo da bola. Janela de transferência é sempre motivo de grande expectativa para os torcedores no mundo todo. Quem será o próximo alvo e candidato a superstar da sua equipe favorita?

Muitas promessas e jovens das bases serão utilizados pelas equipes principais no Brasil e na Europa. E, como sempre, nomes de referência são veiculados e negociados. Assim, lembramos da importância das janelas de transferências nos principais mercados do futebol.

Na Inglaterra, clubes estão autorizados a contratar reforços à partir de 1º de janeiro até às 23h da sexta-feira, 31 de janeiro de 2020. Para as transferências de última hora, os clubes da Premier League podem encaminhar o chamado Deal Sheet entre as 21h e 23h do dia 31 de janeiro, permitindo assim que a documentação necessária seja concluída até meia-noite do mesmo dia. Jogadores sem contrato com clubes podem ser transferidos a qualquer instante fora da janela de transferência.

Na França, Alemanha, Itália e Espanha o prazo limite da janela também é 31 de janeiro de 2020. Em Portugal a janela termina no dia 1º de fevereiro, enquanto na Rússia o prazo é 22 de fevereiro.

Na Europa, clubes têm ainda a preocupação ou limitação adicional por causa de sanções estabelecidas pela UEFA por transgressões de regulamentos e/ou regras em relação a fair play financeiro e aproximação não autorizada a jogadores das categorias de base. Vários clubes têm poderio de contratação reduzida por força dessas sanções.

Fora da Europa, em um dos mercados mais agitados dos últimos anos, a China tem sua janela de transferência aberta até o dia 27 de fevereiro. Sendo este o destino de muitos brasileiros nos últimos anos, o "perigo" continuará rondando as agremiações brasileiras até o final de fevereiro.

Sobre o autor

Andrei Kampff é jornalista formado pela PUC-RS e advogado pela UFRGS-RS. Pós-graduando em Direito Esportivo e conselheiro do Instituto Iberoamericano de Direito Desportivo e criador do portal Lei em Campo. Trabalha com esporte há 25 anos, tendo participado dos principais eventos esportivos do mundo e viajado por 32 países atrás de histórias espetaculares. É autor do livro “#Prass38”.

Sobre o blog

Não existe esporte sem regras. Entendê-las é fundamental para quem vive da prática esportiva, como também para quem comenta ou se encanta com ela. De uma maneira leve, sem perder o conteúdo indispensável, Andrei Kampff irá trazer neste espaço a palavra de especialistas sobre temas relevantes em que direito e esporte tabelam juntos.

Lei em Campo, por Andrei Kampff